Rádio Metropolitana Manaus

Notícias

Trump diz não temer prisão domiciliar

Trump diz não temer prisão domiciliar

O ex-presidente americano Donald Trump, afirmou não temer uma pena de prisão domiciliar ou de liberdade condicional após ter sido condenado no caso Stormy Daniels.

“Estou bem com qualquer coisa”, disse o republicano em entrevista à Fox News divulgada neste domingo, 2 de junho.

Trump foi condenado por um júri popular do estado de Nova York em todas as 34 acusações criminais por falsificação de registros comerciais.

“Essas pessoas estão doentes, estão perturbadas. Falamos sobre o inimigo externo e o inimigo interno. Você tem a China ou a Rússia, mas se for um presidente inteligente, poderá geri-los facilmente. Mas o inimigo interno está causando muitos danos ao nosso país”, acrescentou.

Ainda em referência ao que Trump chamou de “inimigo interno”, o ex-presidente criticou a política de “fronteiras abertas, taxas de juros altas e impostos quadruplicados”.

O crime pelo qual o ex-presidente foi condenado prevê pena de multa e período de liberdade condicional na maioria dos casos. Segundo a imprensa americana, é improvável que o ex-presidente seja condenado a prisão em regime fechado.

Apesar do ineditismo na condenação de um ex-presidente dos EUA, o episódio, em si, não impede a campanha presidencial de Trump. Ele é o favorito à nomeação do Partido Republicano para as eleições de 5 de novembro.

O juiz do caso, Juan Merchan, marcou a sentença do republicano para 11 de julho. É a primeira vez que um ex-chefe de Estado americano é condenado criminalmente na história dos EUA.

O ex-presidente, que se declara inocente de todas as acusações, ainda pode recorrer da decisão.

Fonte: O Antagonista

Talvez você goste também