Rádio Metropolitana Manaus

Notícias

Pré-candidato à Prefeitura de Manaus, Roberto Cidade reforça compromissos com Manaus em entrevista à BandNews Amazônia

Pré-candidato à Prefeitura de Manaus, Roberto Cidade reforça compromissos com Manaus em entrevista à BandNews Amazônia

O pré-candidato à Prefeitura de Manaus, Roberto Cidade (UB), foi o entrevistado nesta quinta-feira (6), o do programa BandNews Amazônia 1ª Edição, da BandNews Difusora 93.7 FM. Cidade respondeu aos questionamentos dos jornalistas Rafael Campos, Dhyene Brissow e Paula Litaiff sobre alguns dos projetos que estarão em seu Plano de Governo para Manaus.

“Tenho consciência dos desafios que é administrar uma cidade-estado como Manaus. No entanto, tenho experiência na gestão, pública e privada, e tenho vontade de melhorar a vida do nosso povo. Não irei prometer coisas mirabolantes. O meu Plano de Governo é viável e, acredito, que está em sintonia com o que a população deseja de um gestor”, falou o pré-candidato.

Entre os compromissos já assumidos por Cidade estão a implementação do Auxílio Municipal Permanente, a instalação de 12 Unidades de Pronto-Atendimento (UPA), em todas as zonas da capital, e a ampliação e o armamento dos agentes da Guarda Municipal. 

“Manaus tem muitas prioridades e algumas urgências. Iremos atacar as urgências logo no início da nossa gestão. Ajudar a matar a fome da população é uma dessas urgências. Vamos mandar para Câmara Municipal, já no primeiro dia do nosso mandato, um projeto criando o Auxílio Municipal Permanente. Isso irá ajudar a matar a fome de cerca de 50 mil famílias”, destacou.

Outro compromisso que é encarado como urgente é a melhoria da saúde básica do município. “A saúde básica de Manaus está muito deficitária e é por isso que a população sobrecarrega a rede de média e alta complexidade, porque a básica não dá conta. Com as UPAs nós iremos começar a organizar. Lá terá, além dos atendimentos médicos, as consultas, teremos exames básicos e a dispensa de medicamentos. O funcionamento também será estendido. Hoje, se você precisar de atendimento à noite, não tem e é por isso que as pessoas vão para os pronto-socorros estaduais, sobrecarregando esse atendimento”, disse.

Cidade falou ainda sobre a necessidade de expandir o número de agentes da Guarda Municipal e de promover o armamento dessa tropa, que é responsável pela ordem e segurança de prédios, espaços e logradouros públicos.

“Manaus possui apenas 385 guardas municipais e só um a cada 10 possui arma de fogo. Vamos realizar concurso para aumentar esse quantitativo para três mil agentes e realizar cursos, com a Polícia Militar, para que eles possam fazer uso das armas que já foram autorizadas a serem usadas desde 2021, a partir de uma PEC aprovada pela Assembleia Legislativa do Estado. Isso reforçará a segurança em Manaus. Hoje o Centro está do jeito que está porque a Guarda Municipal não consegue realizar sua função como deveria”, pontuou.

*Centro de Manaus abandonado*

O pré-candidato esteve, recentemente, reunido com representantes da Câmara dos Dirigentes Lojistas de Manaus (CDL Manaus) e com 60 empresários ligados à Associação PanAmazônia e, nas duas ocasiões, uma das principais reclamações foi quanto à falta de segurança na área central da cidade.

“É preciso que haja um ordenamento no Centro de Manaus, torná-lo mais habitável e com atrativos para que as pessoas tenham vontade de voltar a ir ao Centro. Estive com representantes da CDL, com empresários da PanAmazônia e todos eles falaram sobre essa demanda. O Centro precisa ser olhado de forma positiva. Lá gira a economia da nossa cidade, há geração de emprego e de oportunidades. Não poderia, jamais, ter ficado como está”, reclamou.

O pré-candidato falou ainda sobre mobilidade urbana, educação, administração pública e apoios à sua pré-candidatura. “Estamos amadurecendo muitos pontos ainda, conversando com a população, com o nosso grupo político, apoiadores, entidades representativas. Nosso Plano de Governo é uma construção coletiva, à base do diálogo. Tenho certeza de que quando a população comparar vai compreender que nós temos as melhores propostas para Manaus”, finalizou.

Talvez você goste também