Rádio Metropolitana Manaus

Notícias

Luan Santana passa mal e show é cancelado em MG

Luan Santana passa mal e show é cancelado em MG

O cantor Luan Santana, que tinha um show marcado para a noite desse sábado (1/6) em Divinópolis, na Região Centro-Oeste de Minas Gerais, não pôde se apresentar devido a um problema de saúde. A informação foi divulgada neste domingo (2).

O cantor se preparava para subir ao palco da Divinaexpo, em Minas Gerais, quando apresentou um problema de saúde e foi transferido para o Hospital Albert Einstein, em São Paulo.

A coluna Fábia Oliveira apurou que Luan está bem, em companhia da família. Ele passou por exames e aguarda os resultados. A unidade explicou, com exclusividade, que ainda está apurando a causa do mal-estar do sertanejo, sem dar maiores detalhes.

Como informado pelo Sindicato Rural de Divinópolis, organizador da Divinaexpo, Santana havia acabado de chegar ao aeroporto da cidade, “necessitando imediatamente de transporte aéreo para o Hospital Albert Einstein, em São Paulo, onde segue internado, sob cuidados médicos”.

O sindicato ainda pontuou que a produção de Luan Santana já estava no local do show, apenas aguardando a chegada do artista:

“A direção do evento destaca que foi tão surpreendida quanto o público, uma vez que estava tudo pronto para recebê-lo, inclusive toda a equipe do cantor já estava presente nas dependências da Divinaexpo”, escreveram no comunicado oficial.

A assessoria de Luan explicou que ele voltou para a capital paulista no seu jatinho particular, não sendo necessário ser socorrido e nem transferido por um helicóptero. A equipe ainda confirmou que o famoso se sentiu mal no hangar de Divinópolis, retornando em seguida para a clínica.

No entanto, esta colunista que vos escreve e sabe de tudo e mais um pouco, descobriu, em primeira mão, que o artista já estava debilitado desde o último dia 28, quando foi atendido pelo médico Caio Godoy Rodrigues, que exigiu quatro dias de repouso.

Porém, no dia seguinte, Luan Santana se apresentou na Festa do Pinhão, em Lages, Santa Catarina. O músico estava febril, mas decidiu seguir com a agenda mesmo assim. No dia 30, ele se apresentou em Votorantim, em São Paulo, indo para a casa logo depois.

Esta jornalista lembra que mal súbito nem sempre é prenúncio de morte e que é uma expressão utilizada para descrever eventos médicos agudos, inesperados e repentinos que requerem atendimento médico imediato.

Os sintomas variam dependendo da causa, mas frequentemente incluem tortura, vertigem, dor no peito, palpitações, aumento de temperatura, falta de ar e confusão mental. A coluna deseja melhoras ao cantor!

Fonte: Coluna Fabia Oliveira

Talvez você goste também