Rádio Metropolitana Manaus

Notícias

‘Como?’ Brasileiro viraliza com carretos em Honda Biz e intriga Will Smith

‘Como?’ Brasileiro viraliza com carretos em Honda Biz e intriga Will Smith

O ator norte-americano Will Smith se surpreendeu ao ver o vídeo de um motorista brasileiro que faz sucesso realizando mudanças usando uma moto Honda Biz.

O vídeo foi compartilhado pelo astro em seu Instagram, na última terça-feira (23), e já teve mais de 34,6 mil comentários e 650 mil curtidas.

“Não é possível! Como?” legendou Will, no vídeo em que brasileiro aparece levando um guarda-roupa de quatro portas na garupa de sua moto, apenas preso por cordas.

O homem que chamou a atenção de Will Smith é Antônio Pereira da Silva, de 55 anos, ou Antônio Cabeludo, como é conhecido.

Há 20 anos, ele trabalha com a venda de móveis usado e com mudanças, transportando de forma inusitada guarda-roupas, fogões, geladeiras e máquinas de lavar. Tudo sobre uma pequena moto Biz ano 2000.

“No começo, eu alugava de um vizinho o carro dele para fazer fretes e entregar os móveis usados que eu vendia. Mas um dia, o carro dele estava quebrado e, como eu não tenho automóvel, decidi usar a Biz para fazer a entrega de um fogão e deu certo”, conta Antônio.

A partir daí o morador da pequena cidade de Cariús, no Ceará, passou a usar a moto para fazer as entregas e assim economizar o valor do aluguel do carro.

No início ele carregava apenas objetos menores, como televisões. Mas ao longo dos anos, o vendedor foi testando a capacidade de sua moto e de seu equilíbrio.

“Hoje levo de tudo. Estante, sofá, geladeira, máquina de lavar e fogão. Tudo o que couber na garupa da moto eu levo”, diz.

Com o veículo pequeno, ele consegue chegar aos locais mais isolados, passando por pequenas estradas de terra em que carros não conseguem passar. Assim, ele faz entregas em regiões mais isoladas, típicas do centro-sul cearense.

A maneira de fazer frete inusitada, fez com que Antônio chamasse a atenção dos moradores e de motoristas que cruzavam com ele durante o transporte, que sempre faziam vídeos e postavam nas redes sociais. Por cada transporte ele cobra no máximo R$ 20.

Essa popularização fez com que a família criasse contas nas redes sociais e passasse a compartilhar as entregas e mudanças feitas pelo vendedor. Já são mais de 50 milhões de visualizações.

Pode fazer esse tipo de transporte?

O transporte de cargas sobre motos precisa seguir regulamentações do Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

Segundo a regulamentação, esse transporte deve ser feito utilizando baú, grelha, bolsas ou caixas laterais, atendendo as dimensões máximas de acordo com a Resolução nº 356/2010.

Com isso, o motociclista não pode, por exemplo, transportar materiais ou equipamentos com peso ou dimensões superiores ao veículo.

Sobre questões de segurança, Antônio garante que toma precauções como usar estradas de terra, onde carros não passam, e quando precisa circular pelas ruas e estradas asfaltadas, afirma que só o faz em horários de pouco movimento.

“A cidade tem pouco movimento. Quando é um móvel grande eu vou entregar bem cedinho, quando ainda não tem ninguém na rua”, diz.

Fonte: UOL

Talvez você goste também