Rádio Metropolitana Manaus

Notícias

Brasil fica no empate com EUA no último amistoso antes da Copa América

Brasil fica no empate com EUA no último amistoso antes da Copa América

Brasil e Estados Unidos ficaram no 1 a 1 nesta quarta-feira (12). O jogo no Camping World Stadium, na Flórida, foi o último amistoso da Seleção na preparação final para a Copa América. Anteriormente, o time Canarinho bateu o México, por 3 a 2, no último sábado (8). Agora o grupo seguirá treinando para a estreia na competição, dia 24, contra a Costa Rica. Os brasileiros saíram na frente com Rodrygo, o melhor em campo. Mas ainda no primeiro tempo, Pulisic, meia-atacante do Milan e principal jogador do time, deixou tudo igual cobrando falta.

Diferentemente do que ocorreu contra o México, desta vez Dorival Jr colocou o time titular, e com Alisson no gol, o que indica que o arqueiro do Liverpool, mesmo em fase ruim, será mesmo o “camisa 1”. Já nas laterais, Danilo atuou bem mais defensivo e Wendell foi quase um ala, já que Vini cai muito para o meio e reveza bastante com Rodrygo. E Raphinha começou como titular pela direita. Endrick foi banco.

Rodrygo põe o Brasil na frente
Os Estados Unidos ofereceram perigo ao Brasil nos primeiros cinco minutos. Primeiramente, em chute de fora da área de Musah que foi na trave. Depois em chute de Pulisic para ótima defesa de Alisson. Mas o Brasil, sempre com Vini Jr chamando o jogo e ganhando da marcação facilmente, passou a dominar. Vini quase fez um gol de placa, partindo da sua intermediária, driblando fantasticamente o rival, mas finalizando em cima de Turner. Sua dupla com Rodrygo era ótima, revezando na posição. Aos 16, veio o gol. O goleiro Turner lançou mal, Bruno Guimarães recuperou tocando de cabeça a Raphinha e este deu para Rodrygo, na área, fazer 1 a 0.

Estados Unidos empatam
Rodrygo perdeu grande chance pouco depois. Mas a verdade é que a Seleção cedeu espaços para o time americano, mesmo com três jogadores bem defensivos (o lateral Danilo praticamente era um zagueiro). Aos 25, Pulisic sofreu falta de João Gomes quase na risca da área. O mesmo Pulisic cobrou. Beneficiado por uma péssima barreira armada por Alisson e ainda uma falha do goleiro que demorou para ir na bola, deixou tudo igual.

Etapa final animada
O Brasil voltou com Douglas Luiz na vaga de João Gomes. Isso deixou o time um pouco mais ofensivo. Nos primeiros dez minutos teve dois lances com Rodrygo, uma finalização que passou perto, por cima. E um lance confuso em que ele caiu numa dividida quando entraria na área. O juiz foi chamado para ver se era falta passível de vermelho, mas voltou atrás dizendo que o brasileiro simulou. O Brasil pasou a buscar mais jogadas flancos, muito mais pelo lado esquerdo com Vini Jr, mas perigoso pela esquerda, com Danilo passando a apoiar mais.

Endrick entrou aos 20 minitos e logo fez das suas, quase marcando no seu primeiro lance, uma infiltração em velocidade. Mas foi do time americano a chance maior. Pulisic recebeu livre numa falha de marcação e chutou. Até agora não está entendendo como Alisson salvou.

Na reta final, jogo aberto, com as seleções perdendo chances de gol. No fim, justo empate. Mas fica uma impressão ruim do Brasil que encarou um rival fraco e enfrentou dificuldades, principalmente depois que Dorival fez mudanças que abriram o meio de campo. Deixou o time muito ofensivo no fim, mas falhando na defesa. Vai ter de ajustar isso para a Copa América.

Fonte: Terra

Talvez você goste também