Rádio Metropolitana Manaus

Notícias

Artistas internacionais pedem ajuda para o Rio Grande do Sul

Artistas internacionais pedem ajuda para o Rio Grande do Sul

Artistas internacionais começaram a pedir, nesta segunda-feira (6), ajuda financeira para o Rio Grande do Sul após o estado ser atingido pelas fortes chuvas que vitimaram ao menos 83 pessoas e deixou milhares de desabrigados.

Estão entre esses artistas: a cantora Beyoncé, 42, o ator Vincent Martella, 31, e até a banda de rock and roll Guns N’ Roses.

Rio Grande do Sul teve 70% do território atingido pelos temporais, segundo balanço oficial desta segunda. A situação levou empresas a paralisarem o funcionamento neste início de semana.

Mais cedo, um boato de que a americana Madonna, 65, teria doado R$ 10 milhões para o Rio Grande do Sul começou a circular nas redes sociais. No entanto, a informação não foi confirmada pelo governo do estado à CNN.

Caso fosse verdade, o valor seria equivalente a mais da metade do cachê recebido por ela para fazer o maior show de sua carreira, que ocorreu na praia de Copacabana, no Rio de Janeiro, no último sábado (4).

Beygood

organização social de Beyoncé fez uma publicação oficial nas redes sociais para pedir ajuda e afirmar que “mais de 100 mil brasileiros foram afetados pelas devastadoras enchentes no sul do Brasil”.

A instituição disponibilizou uma chave PIX e uma conta do PayPal (doacoespaypal@cufa.org.br) para receber doações que serão destinas à recuperação das vítimas.

“Você pode se juntar ao Beygood e ajudar a fortalecer essas ações tão necessárias e transformadoras de vida com qualquer valor que seu coração e situação atual permitirem”.

Vincent Martella

Já o ator Vincent Martella, conhecido por seu trabalho na série “Todo Mundo Odeia o Chris”, compartilhou nas redes sociais uma publicação do humorista gaúcho Eduardo Gustavo Christ, conhecido pelo personagem Badin O Colono.

“Por favor, ajudem essas vítimas das enchentes no Brasil”, escreveu.

Guns N’ Roses

O grupo de rock and roll comandado pelo cantor Axl Rose, 62, listou alguns números da tragédia e sugeriu que doações sejam feitas para a Light Alliance Emergency Fund, em parceria com a Brazil Foundation.

“Todos os rendimentos serão destinados às pessoas afetadas”, afirmou. No entanto, o perfil oficial da banda no Instagram não disse exatamente como as doações podem ser feitas para as instituições elencadas.

Fonte: CNN Brasil

Talvez você goste também